noticias

a festa

Flip receberá Aleksandar Hemon em sua 11ª edição

Autor de O Projeto Lazarus, eleita a melhor obra de ficção de 2008 pela The New Yorker e finalista do prêmio National Book Award, o bósnio Aleksandar Hemon virá à 11ª edição da Flip.


Nascido em Sarajevo, em 1964, na então Iugoslávia, Hemon mudou-se para os Estados Unidos em 1992, após se formar em literatura na Universidade de Saravejo. Em 1995, começou a escrever em inglês e seus textos passaram a ser publicados em prestigiosos veículos, como The New YorkerEsquire e The Paris Review.


Tema caro ao escritor, os anseios vividos pelo homem em uma situação de exílio forçado são retratados em seu livro de estreia, o premiado E o Bruno? (2000), lançado pela Editora Rocco no Brasil. 


Comparado a Vladimir Nabokov e Joseph Conrad, Hemon se volta para o mesmo universo em sua segunda obra – As fantasias de Pronek –, na voz de seu alter ego, Josef Pronek, um dos
personagens do livro anterior. O autor narra os desencontros de um refugiado da Guerra da Bósnia em um país sedutor como os Estados Unidos.


Em O Projeto Lazarus, Hemon se firma como um especialista na temática expressando sua visão sobre a decadência do imigrante no mundo moderno.


“Lar é o local que só descobrimos à distância”, escreve. Repleto de humor e de piadas, mas ao mesmo tempo triste, O Projeto Lazarus narra a história de Vladimir Brik, um escritor bósnio atormentado pela crise de identidade que a condição de imigrante lhe oferece.


No mês passado, seu último livro The Book of My Lives foi lançado nos Estados Unidos. Estreia do autor no universo da não ficção, o livro de memórias é uma ode às cidades de Sarajevo e Chicago, costurando deslocamentos, encantamentos e desilusões de sua juventude.

share
Logo da Casa Azul