noticias

festa

Elefantes, bodes e muito riso!

Música, cantoria, desenhos – e tudo com entusiástica participação do público, “o que agora se chama inclusão social”, brincou Luciano Pontes. Ele e Ivan Zigg passaram uma hora fazendo graça no palco da Flipinha, para delícia das arquibancadas superlotadas, com muita gente tentando assistir de fora da Tenda. Tudo começou com a história de Dona Miúda, que “só no nome é pequena, porque é fofa toda vida”: o médico mandou fazer dieta, mas ela não resistiu às tentações da padaria e acabou entalada na porta!

Depois veio a história de Lelê, que não queria mais estudar nem cuidar dos irmãos, só queria saber de rebolar. Acabou caindo e se machucando muito – e aí todo mundo cantou junto o Sambalelê. Ivan Zigg contou (e desenhou) histórias de elefantes, Luciano Pontes encantou com a “história da véia que tinha mania de guardar coisa embaixo da cama” – um gato, um cachorro, um bode, um louro...

No final, convidaram todos à Tenda dos Autógrafos da Flipinha, onde Zigg, carioca que já ilustrou mais de cem livros, e Pontes, autor e ator pernambucano, trataram de receber seus pequenos leitores.

share
Logo da Casa Azul